domingo, 17 de abril de 2016

Emily Moy (photography)

Olá olá, 
Sei que já estavam com saudades minhas, esta semana que passou foi muito atribulada, tive muito que fazer para a faculdade e a Patricia começou a trabalhaaar!!

E para regressar em grande, venho apresentar-vos mais uma jovem fotógrafa da qual gosto imenso e com a qual falei já á algumas semanas.
Ela chama-se Emily Moy, tem 18 anos, vive em Washington, nos estados Unidos sempre foi fã das artes e contou-me que a forma como começou a explorar o mundo da fotografia não foi muito interessante...
Os pais compraram-lhe uma câmara compacta para uma viagem de turma no 8º ano, com a qual se divertiu imenso. Depois da viagem continuou a tirar fotos com esta maquina, especialmente á natureza e foi-se desenvolvendo assim o gosto pela fotografia.

**

Hiii! You must have missed me, this past week has been troubled, I have had a lot to do to school and Patricia started to work!!

And, to return in greatness, I'll present to you guys a new young photographer that I really like and with which I spoke a few weeks ago. Her name is Emily Moy, she is 18 and live's in the Washington DC/Maryland area in the United States, she always been a fan of arts and told me that the way she began to explore the world of photography was not very interesting...

Her parents bought her a compact camera for 8th grade school band trip to GA, with which she had a lot of fun. After the trip, she kept on tanking photos with this machine, especially to nature and so, She developed a taste for photography.


Em 2013 descobriu o flickr e maravilhada, decidiu começar a expor lá as suas fotos. Inspirada com tudo o que foi descobrindo no site, decidiu fazer um upgrade ao seu equipamento e a 3 de Abril de 2014, conseguiu finalmente juntar dinheiro para a sua primeirDSLR, a Canon T3i.
No inicio de 2015 descobriu uma fotografia que lhe interessou bastante e que a fez distanciar-se finalmente da fotografia de natureza, foi um auto retrato de Alex Currie que pertencia á sua serie das 365 fotos.
Inspirada pelas suas fotografias e pelo trabalho da Gina Vasquez, no dia 1 de junho, Emily decidiu começar também a sua serie 365 dias.
Inicialmente, começou por ir adiantando fotos, tirava imensas num dia e depois ia publicando uma por dia. Depois, conheceu a Alexandra, da qual já vos falei AQUI, que a aconselhou a tirar apenas uma por dia, o que a fez melhorar imenso.
Quando as aulas recomeçaram, ela fez uma pausa deste projeto, lutando para se ajustar e equilibrar os dois "trabalhos" e em novembro regressou com um novo folgo e imensas fotografias, percebendo assim o quão importante este projeto era para ela.

**
In 2013 she found Flickr and amazed, she decided to expose her photos in there. Inspired by everything she find on the site, she decided to upgrade her equipment and On April 3, 2014, she saved up enough money and got her first DSLR, the Canon T3i. She was in love.

In the beginning of 2015 she found one photography that caught her attention, wich made her step away from the nature theme photography. It was a self portrait from Alex Currie that belongs to her serie of 365 photos.
Inspired by his photos and by the work of Gina Vasquez, on June 1st, 2015, she uploaded her first photo for the 365, marking the start of her journey as a serious photographer.
At the begining she was delaying photos, she would take a lot in one day and than publish them one a day. Then she met Alexandra whom I have just spoke of HERE, she told her to take only one per day, what made her better. 
When the class started she made a pause in this project, fighting to ajust and equilibrate the two works and in november she came back with a clear mind and a lot of photos, Understanding how important this project was to her.


"Estas fotos, que tirei com o meu retorno, marcaram o nascimento do meu estilo, 
o meu propósito em relação á fotografia. 
Queria fazer fotografia de retrato conceptual e apaixonei-me pela
 forma simples como um retrato consegue conter tanta emoção e história. 
Estas fotos marcam o começo de um desejo que tinha por contar uma 
história ou transmitir emoções através da fotografia de retrato"

**
"Those photos that I took for my return marked the birth of my style, 
my purpose and desire in photography. While I had originally 
intended to do conceptual based portraits, I fell in love with 
how a simple portrait can convey such emotion and story. 
Those photos marked the start of my desire to tell a story or
 convey emotions through portraiture photography."




Ainda me contou que com este projeto, para alem de ter melhorado imenso a sua forma de fotografar, também conseguiu coisas que nunca imaginara possível, como conhecer a Gina Vasquez, a fotografa que inicialmente fora sua inspiração, divertiu-se imenso, mas também teve os seus percalços e dificuldades.
Em relação a um estilo pessoal, não o sabe ainda descrever, deixando essa parte para o espectador, concentrando-se em contar a história, tirar a fotografia e aprender, mas diz que passará por algo  colorido, melancólico, expressivo e ainda assim subtil.

**
She told me that with this project, besides having improved her style of shooting, she also accomplish things she never imagined possible, as to know Gina Vasquez, the photographer that which was her inspiration, she had a lot of fun but also had its setbacks and difficulties.
As a final remark, She told that she did not know how to describe her personal stile, leaving that part to the viewer, focusing on telling the story, taking pictures and learn, but he says it will go for something colorful, melancholic, expressive and yet subtle.


Hope you liked the photos!
Espero que tenham gostado das fotos, 
Kisses, Ana Sousa
...
Espreita também o facebook para estares a par de todas as novidades  (AQUI)

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá :)
      Se gostas destas devias de ir ver as restantes no facebook dela, são lindas ;)
      Muito obrigada, sabe bem voltar ao blog
      Beijinhos

      Eliminar
  2. gostei bastante... eu tamb gosto d fotografia sempre gostei de tirar fotos so nao gosto de aparecer nelas pq acho que nao tenho muito jeito haha... contudo tambem tenho uma certa "vergonha" d ir na rua i tirar fotos a td que aparece... n sei bem porque... houve uma altura que ainda pensei seguir fotografia mas foi sol d pouca dura haha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Aninha, gostava de ver umas fotos tiradas por ti
      ahahahah eu também não costumo ir para a rua tirar fotos, sinto-me um bocado exposta, mas é bom sair da zona de conforto.
      Ainda bem que gostaste desta fotografa, ela tem um olhar muito atento e fotos com muita qualidade
      Beijinhos :)

      Eliminar
  3. Gostei de conhecer o trabalho. As fotos são muito belas. Realmente, retratos passam emoções e gravam momentos. Sou mais ligada a fotos de paisagens, de detalhes da natureza. Esse é meu prazer (rss), sem qualquer intuito de profissionalização, até porque desconheço técnicas. Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marlene, também gosto muito de paisagem e natureza, mas acho que estou mais ligada aos retratos, apesar de haver muito mais na fotografia do que isso
      Ainda bem que gostaste das fotos, fico feliz
      Beijinhos ;)

      Eliminar

Deixa aqui o teu comentário para sabermos o que achaste